07 junho 2011

cá.

me

 «O teu olhar chegou. Ansiava por ele faz tanto tempo, porque em cada momento que passa e que não o sinto, para mim, é uma eternidade. 
 Faz-me falta.
 Esse olhar que vê o que tento esconder, que sabe desmanchar as linhas do meu rosto que clareiam laivos de uma alegria semelhada. E num silêncio colossal, esse olhar lê-me os gestos que se seguirão, os pensamentos e até as mais magnânimas vontades…
 É nesse momento que a solidão abala sem destino. Os olhares trocados chamam as nossas vozes, que inventam as conversas mais diversas e que se acomodam aos nossos sorrisos, entre muitos risos empinados. Então já somos feitos de alegrias que nascem dos instantes que criamos…
 Esse olhar só teu faz-me falta. Tu que, por vezes o escondes, que guardas para um amanhã, mesmo que não o seja para mim, também me fazes falta.
 Tenho medo da solidão. Muito medo. Sendo um autêntico apreciador das alegrias que ofereces e da vida que cresce em cada sorriso deixado à sorte.
 Já quase não sinto esse olhar, meio húmido meio esperançoso, que procura outro ensejo… Amanhã voltarás para me leres e isso chega-me.»

13 comentários:

miriam ✾ disse...

gostei do texto.
és linda +.+

GABI ♤ disse...

A.D.O.R.E.I ;)

Jessica Silva *.* disse...

amei o texto (:
Tambem sigo o teu (:
Amo o perfil do teu blog ^^

Ana Ferreira disse...

bigada pelo visita e pelo comentario..


tambem gostei bastante do teuu texto :)


ja agora podes-me dizer como poes as etiquetas?? eu nao consigo :S

Margarida ! disse...

muitas ... gostei (:

Ana Margarida disse...

Adorei :)

. Diana Silva . disse...

gostei muito :3 !

. Diana Silva . disse...

que linda , obrigada *-*

Ana Ferreira disse...

Entras no meu desafio?? :)

http://desafiote-desafiarme.blogspot.com/

Ana Ferreira disse...

bigada pela ajuda :)

por mais q procura-se nao conseguia encontrar :S

miriam ✾ disse...

nao amor :$

Anónimo disse...

está lindo :)

saracosta disse...

gostei muito do texto (a)
sigo*