18 agosto 2012

dor forte

“A saudade tem que doer, tem que doer para comprovar que o amor está vivo, no seu peito, no seu cérebro. Que este amor está no modo ligado e que você ainda trás ele consigo, em suas malas. Mas é bom, é bom que dói logo e depois vai embora. É melhor que viver com este efeito anestésico e continuar a sentir essa amargura, viver nessa solidão. Eu sei, sei que um dia essa dor irá passar, não tem prévia, mas ela passa, ela não é eterna, eu sei que não.”

488257_425919684110368_1903018506_n_large

12 comentários:

beatrizpereira disse...

perfect.

Rita disse...

infelizmente sentimos muitas vezes saudades

@lice B. disse...

adorei o blog :)

adriana ♥ disse...

oh princesa como estás? :( desculpa nao consigo mandar mensagens, tenho saldo negativo e tu nao deves ser extravaganza :x

Manganet disse...

Adorei a citação :) *

Mafalda disse...

amei o blog e segui (:

martasousa disse...

e tenho ainda mais pena das pessoas que metem gostos naquilo, enfim.
p.s. o teu blog está lindo.

martasousa disse...

não têm é noção do ridículo.
de nd :)

adriana ♥ disse...

e que estou com saldo negativo, porque tive o tel novo, e ao mandar mms gasto e eu nao sabia :( e por isso so consigo mandar aos que sao extravaganza :c oh princesa eu amanha ja nao cá estou :x
ly (L)

Manganet disse...

Obrigada :) eu já te estou a seguir *

dianadíaz ! disse...

obrigada amorzinho, ly *

Fred Goulart disse...

Há vezes em que a saudade vira terapia. Belo texto.

:D

Mais tarde de uma passadinha em Muchas Coisas:
http://muchascoisas.blogspot.com.br/