02 abril 2013











“Mãe é presente. Mãe é aviso prévio. Mãe é artigo nobre. Mãe é preocupação maior com os filhos do que consigo mesmo. Mãe é batalha, é suor. Mãe é riqueza pura para um futuro certo. Mãe é abrir mão de tudo. Mãe é protecção reforçada, é amor dobrado. Mãe é pedra, é coisa forte que suporta de tudo. Mãe é segurança, é conforto, é abrigo. Mãe é escudo. Mãe é confiança, é paz. Mãe é caminho certo. Mãe é simplicidade do olhar, do agir, do sentir. Mãe é coração grande. Mãe é sabedoria do certo ou errado. Mãe é aquela pessoa que te deixa sair mas fica com “o coração na mão”. Mãe é 14 chamadas perdidas no telemóvel. Mãe é atenção, é percepção. Mãe é gesto de carinho, é afecto. Mãe é coisa única. Mãe é aquela que não se entende, não se explica. Mãe é uma incógnita, é um mistério. É aprendizagem. Mãe é alegria justa. Mãe é sentimento verdadeiro. Mãe é acordar de madrugada para verificar se a tua febre já passou. Mãe é tudo e mais um pouco. Hoje, agradeci a Deus por ter tido a oportunidade de, mais uma vez, receber aquele abraço de mãe. Peço convincentemente que guarde a minha mãe e que reponha todas as forças dessa h-e-r-o-í-n-a. E faço a Deus um último pedido: Proteja minha rainha, nos momentos bons e mesmo quando tudo estiver perdido.”
Amo-te mãe, não fujas de mim...

7 comentários:

Adriana Teles disse...

gostei muito ! :p

maria. disse...

adoro simplesmente!

Ricardo Mendes disse...

Esse texto é perfeito :)

Teresa Isabel Silva disse...

Mãe é mãe!!! Tens toda a razão em todas as tuas palavras!!!

Bjxxx

Anónimo disse...

como é que meteste o teu blog assim? :o tipo o design? é um tema?

disse...

tens toda a razão, mãe é mãe, e não há amor mais bonito que o delas, não é? beijinhos

vera sofs disse...

Anónimo: não, é um design do blogger apenas fiz alterações.