02 março 2015

Como o tempo passou tão rápido... Já faz 6 meses que estou sem ti Pai, pergunto-me tantas vezes porque Deus te tirou perto de mim, ainda ia precisar tanto de ti. Sou tão nova com apenas 19 anos e já sem pai, eu não merecia esta dor.. Não merecia ficar sem a pessoa que mais me amava neste mundo, não merecia ficar sem a pessoa que eu mais amava nesta vida. 
Sinceramente, não sei como vivo os dias sem te ver, sem brincar contigo, sem fazer aquelas birrinhas contigo. Tenho saudades de dizer a palavra "Pai", tenho saudades de te ver, saudades de te tocar, tenho saudades de tudo o que fazia contigo.
Sabes quando vejo um pai e uma mãe com os filhos eu fico triste, e penso o quanto aqueles filhos têm sorte de ter a família completa. Porque eu nunca mais na vida vou ter uma família completa... 
Um dos teus sonhos Pai era me levares ao altar e me veres bem casada. E agora? Quem me leva ao altar? Como vai ser esse meu dia sem ti? Não vai ser completo porque sem ti agora nada é completo.
Eu nunca me vou conformar com a tua morte, podem me dizer que a vida é assim que tenho que seguir em frente mas essas pessoas que me dizem isso não sabem a dor, a verdadeira dor que eu sinto e é uma dor tão grande. 
Oh Pai eras tanto para mim e de uma momento para o outro fiquei tão só.
Escrevo estes textos para tentar desabafar, imagino-me a falar para ti. E assim escrevi isto sem parar de chorar...
Amo-te tanto Pai

2 comentários:

Gabriela. disse...

oh minha querida, muita forca!
lamento muito.. <3

emma disse...

não sei o quão dolorosa é essa dor, não consigo nem imaginar. muita força, pequena. e se precisares, estou aqui!
um beijinho, emma